Categorias
amarelo e laranja | árvores e arbustos |

Tecoma stans

Ipê-de-jardim, amarelinho, guarã-guarã A Tecoma stans cresce como arbusto ou árvore, pode atingir até 10 metros de altura e sua área de distribuição natural se estende do sul dos EUA até a Argentina. Família: Bignoniaceae Distribuição: América do Norte, América do Sul, como uma espécie invasora também em algumas regiões da África e da Ásia […]

Ipê-de-jardim, amarelinho, guarã-guarã

A Tecoma stans cresce como arbusto ou árvore, pode atingir até 10 metros de altura e sua área de distribuição natural se estende do sul dos EUA até a Argentina.

Ipê de jardim

Família: Bignoniaceae
Distribuição: América do Norte, América do Sul, como uma espécie invasora também em algumas regiões da África e da Ásia (mapa de distribuição)
Altura: Árvore, arbusto, até 10 metros
Zona USDA: 11 (5 °C)
Venenosos: Sim

guarã guarã

amarelinho

Tecoma stans

Tecoma stans

Tecoma stans

Tecoma stans

Tecoma stans
Tecoma stans em meados de novembro no Jardim Botânico de Málaga (Espanha).
Categorias
amarelo e laranja |

Tithonia diversifolia

Margaridão, girassol-mexicano A Tithonia diversifolia é originária da América Central, cresce como uma planta perene e também foi introduzida como planta ornamental em outras regiões onde se tornou nativa. Ela cresce como uma planta perene e pode atingir uma altura de até três metros. Fotografei as plantas das fotos aqui no Jardim Botânico de Málaga […]

Margaridão, girassol-mexicano

A Tithonia diversifolia é originária da América Central, cresce como uma planta perene e também foi introduzida como planta ornamental em outras regiões onde se tornou nativa. Ela cresce como uma planta perene e pode atingir uma altura de até três metros.

Fotografei as plantas das fotos aqui no Jardim Botânico de Málaga (Espanha), onde elas ainda estavam florescendo profusamente em meados de novembro. As flores são polinizadas por abelhas melíferas e abelhas selvagens.

Tithonia diversifolia

Família: Asteraceae
Distribuição: América Central (México, Guatemala, Honduras) e, como espécie introduzida, também na África, Ásia, Austrália, América do Norte e América do Sul (mapa de distribuição)
Altura: Até 3 metros
Zona USDA: 11 (5 °C)
Venenosos: Não

Tithonia diversifolia

Tithonia diversifolia
Uma abelha poliniza a flor de um girassol-mexicano.

Tithonia diversifolia

Tithonia diversifolia

Tithonia diversifolia

Tithonia diversifolia

Categorias
marrom e verde | amarelo e laranja | árvores e arbustos |

Datisca cannabina

Cânhamo-bastardo À primeira vista, a Datisca cannabina parece um arbusto, mas é uma planta perene decídua que pode crescer até três metros de altura e largura. Família: Datiscaceae Distribuição: Ásia, Europa (Chipre) (mapa de distribuição) Altura: 2 a 3 metros Zona USDA: 6 (-18 °C)

Cânhamo-bastardo

À primeira vista, a Datisca cannabina parece um arbusto, mas é uma planta perene decídua que pode crescer até três metros de altura e largura.

Datisca cannabina

Família: Datiscaceae
Distribuição: Ásia, Europa (Chipre) (mapa de distribuição)
Altura: 2 a 3 metros
Zona USDA: 6 (-18 °C)

Datisca cannabina

Datisca cannabina

Datisca cannabina

Datisca cannabina

Datisca cannabina

Categorias
amarelo e laranja | Plantas de Portugal | erva daninha |

Scorzoneroides autumnalis

Dente-de-leão de outono Os brotos de flores da Scorzoneroides autumnalis podem crescer até 50 centímetros de altura. O período de floração da planta perene pode durar de julho a setembro na Europa Central. Família: Asparagaceae Distribuição: Ásia (Sibéria), Europa, como espécie introduzida também na Nova Zelândia e em algumas regiões da América do Norte e […]

Dente-de-leão de outono

Os brotos de flores da Scorzoneroides autumnalis podem crescer até 50 centímetros de altura. O período de floração da planta perene pode durar de julho a setembro na Europa Central.

Scorzoneroides autumnalis

Família: Asparagaceae
Distribuição: Ásia (Sibéria), Europa, como espécie introduzida também na Nova Zelândia e em algumas regiões da América do Norte e da América do Sul (mapa de distribuição).
Altura: 10 a 50 centímetros
Zona USDA: 5 (-23 °C)
Venenosos: Não

Scorzoneroides autumnalis

Scorzoneroides autumnalis

Scorzoneroides autumnalis

Scorzoneroides autumnalis

Scorzoneroides autumnalis

Scorzoneroides autumnalis

Categorias
amarelo e laranja | Plantas de Portugal |

Chondrilla juncea

Leituga-branca, lentuga A Chondrilla juncea cresce de forma perene, pode atingir uma altura de mais de um metro e floresce na Europa Central de junho a outubro. Família: Asteraceae Distribuição: Europa, norte da África, oeste da Ásia e, como espécie introduzida, também na Austrália e na América do Norte (mapa de distribuição). Altura: 30 a […]

Leituga-branca, lentuga

A Chondrilla juncea cresce de forma perene, pode atingir uma altura de mais de um metro e floresce na Europa Central de junho a outubro.

Chondrilla juncea

Família: Asteraceae
Distribuição: Europa, norte da África, oeste da Ásia e, como espécie introduzida, também na Austrália e na América do Norte (mapa de distribuição).
Altura: 30 a 130 centímetros
Zona USDA: 5 (-23 °C)
Venenosos: Não

Chondrilla juncea

Chondrilla juncea

Chondrilla juncea

Chondrilla juncea

Categorias
Plantas de Brasil | amarelo e laranja | lianas | vermelho e rosa |

Ipomoea lobata

Cresta de gallo A Ipomoea lobata se diferencia da batata-doce, que tem parentesco próximo, por suas flores muito menores e em forma de funil. Na Europa Central, seu período de floração pode durar de agosto a outubro. A planta perene desenvolve gavinhas e os brotos atingem até seis metros de comprimento. Família: Convolvulaceae Distribuição: México […]

Cresta de gallo

A Ipomoea lobata se diferencia da batata-doce, que tem parentesco próximo, por suas flores muito menores e em forma de funil. Na Europa Central, seu período de floração pode durar de agosto a outubro. A planta perene desenvolve gavinhas e os brotos atingem até seis metros de comprimento.

Ipomoea lobata

Família: Convolvulaceae
Distribuição: México e como uma espécie introduzida no Brasil e em outras regiões (mapa de distribuição)
Altura: Até 6 metros
Zona USDA: 12 (10 °C)

Ipomoea lobata

Ipomoea lobata

Ipomoea lobata

Ipomoea lobata

Ipomoea lobata

Categorias
amarelo e laranja |

Salvia glutinosa

Sálvia pegajosa A Salvia glutinosa pode crescer até 90 centímetros de altura e florescer de julho a setembro. Os brotos e as folhas são cobertos de pelos pegajosos. No jardim, locais semi-sombreados a sombreados com solo uniformemente úmido são ideais. Família: Asparagaceae Distribuição: Ásia, Europa (mapa de distribuição) Altura: 40 a 90 centímetros Zona USDA: […]

Sálvia pegajosa

A Salvia glutinosa pode crescer até 90 centímetros de altura e florescer de julho a setembro. Os brotos e as folhas são cobertos de pelos pegajosos. No jardim, locais semi-sombreados a sombreados com solo uniformemente úmido são ideais.

Salvia glutinosa

Família: Asparagaceae
Distribuição: Ásia, Europa (mapa de distribuição)
Altura: 40 a 90 centímetros
Zona USDA: 5 (-23 °C)
Venenosos: Não

Salvia glutinosa

Salvia glutinosa

Salvia glutinosa

Categorias
amarelo e laranja |

Silphium laciniatum

Planta de bússola A Silphium laciniatum pode crescer até dois metros de altura e está intimamente relacionada aos girassóis. Nativa da América do Norte, a planta floresce na Europa Central de julho a setembro. No jardim, ela é adequada para locais ensolarados e pode tolerar geadas de até -23°C. Suas flores são polinizadas por abelhas […]

Planta de bússola

A Silphium laciniatum pode crescer até dois metros de altura e está intimamente relacionada aos girassóis. Nativa da América do Norte, a planta floresce na Europa Central de julho a setembro. No jardim, ela é adequada para locais ensolarados e pode tolerar geadas de até -23°C. Suas flores são polinizadas por abelhas e por plantas de mel. Suas flores são polinizadas por abelhas melíferas e abelhas selvagens.

Silphium laciniatum

Família: Asteraceae
Distribuição: América do Norte (Canadá, EUA) (mapa de distribuição)

Silphium laciniatum

Silphium laciniatum

Silphium laciniatum

Silphium laciniatum

Categorias
amarelo e laranja | Plantas de Portugal | árvores e arbustos |

Bupleurum fruticosum

Beleza O Bupleurum fruticosum é um arbusto perene que pode crescer até 2,5 metros de altura. Pertence à família Apiaceae e suas flores são muito populares entre os insetos. A área de distribuição está na região do Mediterrâneo. O período de floração na Europa Central pode durar de junho a setembro. Família: Apiaceae Distribuição: África […]

Beleza

O Bupleurum fruticosum é um arbusto perene que pode crescer até 2,5 metros de altura. Pertence à família Apiaceae e suas flores são muito populares entre os insetos. A área de distribuição está na região do Mediterrâneo. O período de floração na Europa Central pode durar de junho a setembro.

Bupleurum fruticosum

Família: Apiaceae
Distribuição: África (Norte da África), Ásia (Ásia Ocidental), Europa (Sudeste da Europa, Sudoeste da Europa) (mapa de distribuição)

Bupleurum fruticosum

Bupleurum fruticosum

Bupleurum fruticosum

Bupleurum fruticosum

Bupleurum fruticosum

Bupleurum fruticosum

Categorias
amarelo e laranja | plantas de interior |

Arisaema flavum

Lírio-da-cobra-amarela O lírio-da-cobra-amarela (Arisaema flavum) pode crescer até 40 centímetros de altura e exibe sua inflorescência amarela brilhante em junho e julho (na Europa Central). Ele passa o inverno como um tubérculo sem folhas. Sua distribuição se estende da África tropical à China. A Arisaema flavum contém ácido oxálico, mas diz-se que é comestível após […]

Lírio-da-cobra-amarela

O lírio-da-cobra-amarela (Arisaema flavum) pode crescer até 40 centímetros de altura e exibe sua inflorescência amarela brilhante em junho e julho (na Europa Central). Ele passa o inverno como um tubérculo sem folhas. Sua distribuição se estende da África tropical à China.

A Arisaema flavum contém ácido oxálico, mas diz-se que é comestível após ser cozida e seca (fonte).

Família: Araceae
Distribuição: África, Ásia (mapa de distribuição)

Arisaema flavum

Arisaema flavum

Arisaema flavum

Arisaema flavum